Consulte aqui seu Processo:

Insira seu usuário e senha para ter acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,66 5,66
EURO 6,74 6,74
PESO (ARG) 0,06 0,06

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Antonio Carlos Alves Braga Júnior é o mais novo desembargador paulista

Posse administrativa realizada nesta segunda-feira (25).   O Tribunal de Justiça de São Paulo promoveu, hoje (25), a posse administrativa de Antonio Carlos Alves Braga Júnior no posto de desembargador. Na abertura do evento virtual, o presidente da Corte paulista, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, afirmou que os magistrados passam por inúmeros momentos de importância em suas carreiras, como, por exemplo, a posse, o vitaliciamento, a chegada na primeira comarca. “É motivo de júbilo e comemoração – daí a importância ímpar desta solenidade, que é realizada de longe, mas permite nos aproximarmos um dos outros com o coração”, afirmou. Assista à cerimônia no YouTube. O desembargador Antonio Carlos Alves Braga Júnior chega ao ápice da Magistratura após 31 anos. Em seu discurso ele rememorou a trajetória. “Quantas profissões, quantas ocupações oferecem uma oportunidade de recomeçar, de reiniciar as atividades e perspectivas depois de 31 anos?”, refletiu. Ele proferiu agradecimentos aos magistrados e servidores que o auxiliaram em sua jornada e compartilhou experiências marcantes, como o fato de há muitos anos integrar a Comissão de Tecnologia da Informação do TJSP, inclusive durante um dos momentos mais desafiadores da história da Corte, no início da pandemia da Covid-19, no ano passado. Segundo o desembargador, foi realizado “um trabalho invisível de transformação, que possibilitou algo de escala nunca feita antes”. “Fazer parte dessa experiência, com todos os seus desafios, foi incrível”, resumiu. O magistrado também homenageou a memória de seu pai, o desembargador Antonio Carlos Alves Braga, falecido em 1999, que foi corregedor-geral da Justiça de São Paulo no biênio 1994/1995. Ele afirmou que todo o dia recorre aos ensinamentos e lições deixados por meu pai. “Tomo como resposta coisas que ele disse ao longo dos anos que eu não tinha capacidade de entender plenamente, só a experiência me daria a condição de compreender.” O vice-presidente do TJSP, desembargador Luis Soares de Mello, também saudou a figura do pai do empossado, “um dos maiores ícones da história do Tribunal”. Ele também deu seu testemunho, obtido no longo período que também integrou a Comissão de TI, do inestimável trabalho desempenhado por Antonio Carlos Alves Braga Júnior para a evolução tecnológica do Judiciário. O corregedor-geral da Justiça de São Paulo, desembargador Ricardo Mair Anafe, transmitiu seus votos de sucesso e felicidade e sublinhou as qualidades de gestor do empossado, especialmente na relação com os servidores. “Se valorizarmos os nossos servidores o nosso trabalho será melhor, nossa prestação jurisdicional será mais ágil”, destacou. Em seguida, o presidente da Seção de Direito Privado, desembargador Dimas Rubens Fonseca, deu as boas-vindas ao magistrado, que passará a integrar a 29ª Câmara de Direito Privado. Também fez uso da palavra o presidente da Seção de Direito Público, desembargador Paulo Magalhães da Costa Coelho. Segundo ele, Antonio Carlos Alves Braga Júnior honrou a Seção e deixou muitos amigos em sua passagem pela 2ª Câmara de Direito Público como juiz substituto em 2º grau. O presidente da Seção de Direito Criminal, desembargador Guilherme Gonçalves Strenger também fez questão de saudar o homenageado. O presidente Pinheiro Franco retomou a palavra para encerrar a solenidade. Lembrou que assessorou o desembargador Antonio Carlos Alves Braga quando este era o corregedor-geral e assim pôde receber de perto lições de humanidade e sensibilidade do icônico magistrado.  “O Tribunal de Justiça de São Paulo está sempre se renovando, os valores novos vêm preencher as lacunas existentes”, afirmou o presidente. “Vossa Excelência é mais um motivo de orgulho para os juízes de São Paulo”, finalizou. Também acompanharam a solenidade virtual os ex-presidentes do TJSP, desembargadores José Renato Nalini (biênio 2014/2015) e Paulo Dimas Debellis Mascaretti (biênio 2016/2017); a esposa do empossado, Cristiane Maria Ferrari Alves Braga; sua mãe Vera Regina Valente Alves Braga; e os irmãos Afonso Henrique e Luciana; muitos colegas magistrados, servidores, amigos e familiares do empossado.     Antonio Carlos Alves Braga Júnior – Natural de Campinas, nasceu no ano de 1966. É bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, turma de 1988. Foi servidor do TJSP de 1985 a 1990, quando ingressou na Magistratura, nomeado para a 53ª Circunscrição Judiciária, com sede na Comarca de Americana. Atuou nas comarcas de Pilar do Sul, Mogi Guaçu e Sorocaba nos anos seguintes. Em 1995 foi removido para o cargo de juiz de Direito Auxiliar da Capital. Na cidade de São Paulo atuou também na Vara da Infância e da Juventude do Foro Regional de São Miguel Paulista e na 7ª Vara da Família e das Sucessões Central. Em 2015 tornou-se juiz substituto em 2º grau. Promovido em decorrência da aposentadoria do desembargador Sebastião Flávio da Silva Filho.     imprensatj@tjsp.jus.br     Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial     
25/02/2021 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.