Consulte aqui seu Processo:

Insira seu usuário e senha para ter acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,76 3,76
EURO 4,27 4,27
PESO (ARG) 0,09 0,09

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Memorial da América Latina oferece visitação virtual

Quem quiser visitar o Memorial da América, mas não tiver como deslocar-se até lá, pode aproveitar o aplicativo da instituição para conhecer melhor o lugar. A novidade permite que o usuário faça visitas virtuais e acesse informações sobre a história, a arquitetura e o acervo da fundação. O usuário tem cinco opções de roteiros, cuja ordem de visitação é definida de acordo com sua preferência. O primeiro destino oferecido pelo aplicativo é a Rota Essencial, que traz informações sobre a Galeria Marta Traba, a Biblioteca Latino-Americana, a Mão da América, o Salão dos Atos, a Passarela e o Auditório Simón Bolívar. A Arquitetura de Oscar Niemeyer é tema do segundo roteiro, em que é possível saber mais detalhes e curiosidades a respeito do projeto do complexo cultural da Barra Funda. Desde sua criação, o memorial ganhou importantes obras de artes doadas por artistas brasileiros e latino-americanos. Esse acervo pode ser apreciado no Arte por Todo Lugar. O quarto roteiro sugerido pelo aplicativo é a Biblioteca Latino-Americana, composta por aproximadamente 40 mil volumes. O acervo é usado por pesquisadores e estudantes que se interessam pela cultura dessa região do continente americano. Por fim, o usuário conhecerá o Pavilhão da Criatividade, que reúne uma expressiva coleção de arte popular latino-americana a uma exposição do artesanato produzido em persos países. O aplicativo está disponível gratuitamente para Android e para iOS, basta buscar por Memorial da América Latina e baixá-lo. História Inaugurado em 1989, o conjunto arquitetônico, projetado por Oscar Niemeyer, tinha como objetivo estreitar as relações políticas, econômicas, sociais e culturais do Brasil com os demais países da América Latina. Foi criado, inicialmente, o Instituo Latino-Americano (Ilam), que possuía um acervo bibliográfico de aproximadamente dez mil itens, além de persos tipos de materiais relacionados à cultura da região. Hoje, o acervo pertence à biblioteca do memorial. Em seus primeiros anos, o local foi sede de grandes eventos " principalmente espetáculos gratuitos de artistas renomados, além de balés e orquestras vindos de persos países, mostras e exposições. Como antiga sede do Parlamento Latino-Americano, chegou a receber grandes nomes da política, como o ex-presidente estadunidense Bill Clinton. O Memorial da América Latina abriga também, desde 2006, o Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo, que pulga os novos nomes e apostas do cinema no continente e presta homenagens a grandes cineastas.
08/02/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.