Consulte aqui seu Processo:

Insira seu usuário e senha para ter acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,43 5,43
EURO 6,61 6,61
PESO (ARG) 0,06 0,06

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Metas da Justiça para 2021 são discutidas no XIV Encontro Nacional do Poder Judiciário

Presidente do TJSP participa do evento.     O XIV Encontro Nacional do Poder Judiciário, que visa definir as metas nacionais e regionais que pautarão a atuação da Justiça em 2021, teve início hoje (26), por meio de videoconferência, e segue até amanhã (27), com a presença da cúpula da administração judiciária. Participam do evento o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, e os presidentes dos 91 tribunais brasileiros.     Na abertura, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Luiz Fux, disse que o objetivo do encontro é elevar a instituição da Justiça. “São muitos altos os atributos que se exigem de um magistrado, como a serenidade de ouvir a verdade alheia, a independência olímpica e o conhecimento enciclopédico”, afirmou, acrescentando ter a certeza de que “nessa grande nau que representa o Judiciário brasileiro – pelo emprenho, trabalho e zelo dos nossos juízes – estamos muito mais perto do porto do que do naufrágio”.     A corregedora Nacional de Justiça, ministra Maria Thereza Assis Moura, além de ressaltar que o evento foi concebido há mais de uma década com o intuito de ser um grande fórum de discussões e aprimoramento do PJ, disse ser um ano emblemático quanto ao início da participação ativa das corregedorias, com metas e diretrizes estratégicas próprias. “Tenho a convicção de que a nossa união em torno de objetivos comuns permitirá que atuemos em busca de um serviço público íntegro e de elevada qualidade técnica, transmitindo aos cidadãos plena confiança nas instituições públicas e, em especial, no Poder Judiciário”.     Em seguida, o ministro Fux proferiu conferência intitulada “Combate à Corrupção nas Instituições Públicas” e, na sequência, fazendo um panorama dos resultados alcançados em 2020 pelos tribunais superiores, falaram os ministros Humberto Martins (presidente do Superior Tribunal de Justiça/STJ), Maria Cristina Peduzzi (presidente do Tribunal Superior do Trabalho/TST) e almirante de esquadra Marcus Vinicius Oliveira dos Santos (presidente do Superior Tribunal Militar/STM). Durante à tarde, houve reuniões setoriais das corregedorias e dos segmentos de Justiça.     Para amanhã, estão programados a entrega do Prêmio CNJ de Qualidade aos tribunais que demonstraram melhor desempenho em relação aos serviços prestados à sociedade; o painel “Justiça 100% Digital e o Centro de Inteligência do Poder Judiciário”; e o anúncio das metas nacionais para 2021.     Entre os presentes estiveram o procurador-geral da República, Augusto Aras; a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil; o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Eduardo André Fernandes; a presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), juíza Noemia Porto; o secretário-geral do CNJ, juíza Valter Shuenquener; e o secretário especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica do CNJ, Marcus Livio Gomes.          imprensatj@tjsp.jus.br       Siga o TJSP nas redes sociais:      www.facebook.com/tjspoficial     www.twitter.com/tjspoficial     www.youtube.com/tjspoficial     www.flickr.com/tjsp_oficial     www.instagram.com/tjspoficial
26/11/2020 (00:00)
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.