Consulte aqui seu Processo:

Insira seu usuário e senha para ter acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,79 3,79
EURO 4,30 4,30
PESO (ARG) 0,09 0,09

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

São Miguel Arcanjo recebe a visita do presidente do TJSP

  Prédio não mais comporta o Judiciário.             Na Comarca de São Miguel Arcanjo o Poder Judiciário não cabe na edificação que o abriga. Nos dias chuvosos, para ir de um setor a outro, o magistrado, os advogados, os servidores e os jurisdicionados não podem dispensar o bom e velho guarda-chuva. O prédio, da rua Bento Franca, número 332, no centro, que abriga o Judiciário há 35 anos, não tem condições de oferecer atendimento adequado à população e tem baixos padrões de acessibilidade. A boa notícia é que essa situação está com os dias contados.             Para verificar as condições do prédio atual e conhecer o espaço que a Prefeitura de São Miguel Arcanjo está disponibilizando para o Poder Judiciário, o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, foi, na terça-feira (12), até a comarca. Aproveitou a oportunidade para conversar com os servidores e ouvir do diretor do fórum, o magistrado Matheus Oliveira Nery Borges, sobre a excelência da qualidade do quadro funcional que atua na prestação jurisdicional local.             O espaço que o prefeito Paulo Ricardo da Silva quer destinar ao Judiciário fica na Rua Doutor Rui Barbosa, 607, a 600 metros de distância da atual sede, precisa passar por obras de adaptação, mas terá capacidade de abrigar todos os setores judiciais de São Miguel Arcanjo. Para explicar a situação e disponibilidade do Judiciário o presidente se reuniu com o prefeito e o presidente da Câmara Marcelo Ribeiro Aguiar. Durante o encontro, o prefeito Paulo Ricardo da Silva reiterou ofício de setembro de 2018, no qual o Executivo local solicitava a construção de novo fórum, com projeto de custo estimado em 2,5 milhões, em terreno de propriedade da Fazenda do Estado de São Paulo.             Acompanharam o presidente Pereira Calças durante toda a visita os desembargadores José Manoel Ribeiro de Paula, coordenador da 22ª Circunscrição Judiciária Itapetininga, Willian Roberto de Campos, que judicou na comarca e o juiz diretor da 10ª Região Administrativa Judiciária (10ª RAJ), Hugo Leandro Maranzano e o juiz Rodrigo Vieira Murat, da 1ª Vara da Família e das Sucessões da Comarca de Itapetininga. Também participaram da reunião o procurador do município Robson Betzler e Rodolfo Kenji Espírito Santo, representando o secretário de obras da cidade.             Mais fotos no Flickr.                          imprensatj@tjsp.jus.br
14/03/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.