Consulte aqui seu Processo:

Insira seu usuário e senha para ter acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,74 3,74
EURO 4,20 4,20
PESO (ARG) 0,09 0,09

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Subseção de Monte Alto valoriza conquistas civilizatórias e destaca desafios da advocacia

Compromissos assumidos pela Seção São Paulo da Ordem na defesa do cidadão, dos direitos humanos e das prerrogativas profissionais foram exaltados nos discursos de posse (18/04) da Subseção de Monte Alto, na região metropolitana de Ribeirão Preto. Presidida por Marcelo Zocchio de Brito, a diretoria da OAB local é formada por advogados e advogadas jovens, sendo Karen Pinhatti, vice-presidente; Raphaela Rossi Martins, secretária-geral; Jean Ricardo Galante Longuin, secretário-geral adjunto; e Thiago Fanbtoni Vertuan, diretor-tesoureiro. Ao conduzir os trabalhos, no Espaço CREA-SP do município, o presidente da Secional paulista da Ordem, Caio Augusto Silva dos Santos, advertiu aos presentes acerca de suas responsabilidades enquanto porta-vozes da sociedade. De acordo com o dirigente, a Constituição, quando diz que o advogado é indispensável à administração da Justiça, traz a compreensão de que alguém tem de estar ao lado do cidadão para defender sua visão de mundo.  “Essa materialização de direitos se dá pelas mãos do advogado”, enfatizou. Ao referir-se às autoridades, o líder da advocacia paulista acentuou também ser dever da entidade salvaguardar os poderes constituídos, como o Judiciário, o Legislativo e o Executivo. “Não é sem razão que a OAB SP saiu em defesa da Justiça trabalhista, ameaçada de extinção, por entender que se trata de conquista civilizatória. É ela que traz equilíbrio de interação entre empregados e empregadores”, pontuou.  Entre outros temas, o dirigente, que estava acompanhado do secretário-geral, Aislan de Queiroga Trigo, tratou da importância de a classe manter-se unida e enalteceu o ingresso dos recém-inscritos nos quadros da instituição. Ao falar da defesa das prerrogativas profissionais, Zocchio de Brito acentuou a relevância de ter magistrados que respeitam os operadores do Direito. Analisou a responsabilidade de dirigir a Subseção com 33 anos de criação e informou a todos que, brevemente, serão iniciadas as obras para a construção da Casa da Advocacia e Cidadania. “Teremos, à frente, uma gestão de conquistas, mas estamos conscientes de que serão grandes os desafios em defesa da classe, principalmente neste momento de dificuldades pelo que passa o país”, afirmou. Presente à solenidade, o juiz-diretor do Fórum, Gilson Miguel Gomes da Silva, reiterou a deferência entre os representantes da Justiça em Monte Alto. “Temos apreço pela advocacia, que está lutando pelos direitos da população”, disse. PresençasCompareceram os conselheiros Secionais Marco César Gussoni e Mário Luiz Ribeiro, o presidente cessante Jeferson Iori, bem como diretores das Subseções da região. Também estiveram presentes demais representantes do Judiciário, do Executivo e do Legislativo no Município.
24/04/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.