Consulte aqui seu Processo:

Insira seu usuário e senha para ter acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,31 5,31
EURO 6,00 6,00
PESO (ARG) 0,08 0,08

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

TJSP na Mídia: Atuação da Corte paulista no período de pandemia

Teleaudiências e preparação do retorno foram noticiados.   Notícias relacionadas ao Tribunal de Justiça de São Paulo circularam pelos meios de comunicação durante o fim de semana, todas ligadas ao atual período de pandemia. Na Band, a matéria tratou da substituição das audiências presenciais com presos pelas virtuais; no portal Conjur, o texto abordou a aquisição de milhares de produtos de proteção pela Corte paulista como parte do planejamento para o retorno gradual das atividades presenciais; o site do jornal O Regional, publicação de Catanduva e Região, informou que o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) local obteve índice de 95% de acordos firmados em audiências virtuais de conciliação em junho. O Jornal da Band, no sábado (27), mostrou que as videoconferências têm se mostrado mais eficientes e econômicas. A reportagem destaca que em maio do ano passado, só na Grande São Paulo, foram deslocados quase 10.500 presos para a realização de audiências judiciais, exigindo escoltas, caminhões, armamentos e viaturas, que custaram ao contribuinte mais de R$ 500 mil. Com a pandemia, em maio deste ano foram apenas dez transferências, ao custo de pouco mais R$ 37 mil. “Isso mostra como está funcionando e foi aceito todo esse sistema, como é prático e possível evitar o deslocamento” afirmou a juíza assessora da Corregedoria Geral da Justiça Jovanessa Ribeiro Silva Azevedo Pinto. O Conjur, no domingo (28), falou do planejamento do TJSP diante do retorno gradual das atividades presenciais, que envolve aquisição de materiais de higiene e de proteção a serem distribuídos aos mais de 600 prédios do Judiciário paulista. “Entre os produtos que devem ser adquiridos, segundo recomendações técnicas e do CNJ, estão: 322.524 máscaras de tecido, 7.762 frascos e 6.289 galões de álcool em gel, 18.771 dispensers para álcool em gel, 853 totens de álcool em gel (acionados com o pé), 5.800 caixas de luvas, 12.274 pedestais para isolamento interno, 1.200 rolos de fita zebrada e 1.800 rolos de fita adesiva para demarcação do solo, 2.000 adesivos para elevadores, 8.000 protetores faciais (face shield) e 1.250 termômetros”, diz a matéria. Em texto sobre o Cejusc de Catanduva, o site do jornal O Regional retratou o impulso na evolução digital como consequência do distanciamento social. “Nesse período, o Poder Judiciário se viu diante da necessidade de se adequar à nova realidade trazida pelo isolamento social. O desafio foi e é manter a Justiça em funcionamento atendendo à população durante a pandemia”, afirmou à reportagem o coordenador do Cejusc local, juiz José Roberto Lopes Fernandes. “Foram 35 audiências realizadas em junho. Nas pré-processuais o índice de acordo foi de 95%, o que demonstra que a população de Catanduva está buscando essa nova porta da Justiça em nossa Comarca, resolvendo seus conflitos pela via da autocomposição, dentro do sistema multiportas do Poder Judiciário”, complementou o magistrado.   imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais:  www.facebook.com/tjspoficial www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial 
29/06/2020 (00:00)
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.