Consulte aqui seu Processo:

Insira seu usuário e senha para ter acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,22 5,22
EURO 6,35 6,35
PESO (ARG) 0,06 0,06

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Matérias

- Diferenças entre o auxílio-doença comum e o acidentário.

Matéria publicada no Jornal Nossa Cidade pela Advogada Mikaeli Scudeler.
 
 
Hoje vamos falar sobre quais as diferenças entre o auxílio-doença comum e o acidentário, pois não é raro o trabalhador fazer confusão entre estas duas espécies de benefício.
Primeiramente, devemos destacar que, como semelhança, os dois auxílios são concedidos ao segurado que estiver incapacitado temporariamente para o trabalho.
 
Passamos agora às principais diferenças:
 
1 - CAUSA QUE DETERMINOU A INCAPACIDADE: O auxílio-doença comum é concedido ao segurado que ficou incapacitado por motivos alheios à sua atividade do trabalho, por exemplo, uma pneumonia ou uma fratura causada por uma queda em um final de semana com os amigos.
Já o auxílio-doença acidentário é concedido à pessoa que ficou incapacitado por algum evento relacionado ao trabalho, por exemplo, um acidente de trabalho ou uma doença ocupacional.
 
2 ESTABILIDADE: O segurado que recebeu benefício de auxílio-doença acidentário tem direito a um período de 12 meses de estabilidade em seu emprego após a alta médica.
Já o segurado que recebeu auxílio-doença comum não possui direto à essa estabilidade, já que sua doença não veio de causas do trabalho.
 
3 - PAGAMENTO DO FGTS: Quando o empregado fica afastado pelo benefício de auxílio-doença comum, o seu contrato de trabalho está suspenso, ou seja, o empregador não precisa cumprir com as suas obrigações, entre elas o depósito mensal do FGTS.
Já o empregado que está recebendo o benefício auxílio-doença acidentário tem o seu contrato de trabalho interrompido, desta maneira, o empregador deverá cumprir com algumas das obrigações do contrato, entre elas o depósito mensal do FGTS.
 
4 – CONCLUSÃO: Diante das informações acima percebemos que, apesar de ambos serem auxílio-doença, o comum e o acidentário possuem características específicas, que geram ou não direitos aos segurados. Importante ficar atento e consultar o advogado em caso de dúvidas!
 
 
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.